sábado, 24 de setembro de 2011

''BRUNNA''

Todos me provocam dizendo que sou insensata.
Todos dizem que um dia vou ser ingrata.
Trancada em meu quarto sem está desolada,
Lendo quadrinhos e pensando em nada.
Toca o relógio e nunca sei a hora
Pra deixar de ficar alienada,
Se não me falta mas nada,
Todos dizem que a minha irônia deprime,
Gosto de fazer com que todos prestem atenção em mim.
Não é presciso só amar pra ser feliz.
A vida tem um milhão de novas escolhas.
Não é presciso só amar pra ser feliz.
Não é presciso só amar pra ser feliz.
Sou feliz sem um tal de alma gêmea.
Sou como qualquer garota egoísta,impaciente,e um pouco insegura.
Sempre cometo erros mesmo sem está em apuros.
É por isso e outras escolhas que me chamar de ''BRUNNA ''apenas ''BRUNNA''.
Resumo minha pequena estrada de vida como um milhão de novos começos movidos,
Pelos desafios em meu redor.
Cometo erros,como outro qualquer ser humano.
Se você não sabe lídar com meu pior então concerteza não merece meu melhor.
é por isso e outras escolhas que me chamam de ''BRUNNA.''
    ME CHAMAM APENAS DE ''BRUNNA''

2 comentários:

Júlliana F. disse...

Gostei :D

Monique Castilho disse...

Carol parabéns seu blog esta Show!Seus textos são ótimos.Gostei muito de acessar e saber que minha prima tem tanto talento continue assim você vai longe.

Beijos
Monique Castilho

Postar um comentário